25 abril 2008

Só eu sei...

É, só eu sei quanto amor eu guardei
Sem saber que era só prá você
É, só tinha de ser com você
Havia de ser prá você
Senão era mais uma dor, senão não seria o amor
Aquele que o mundo não vê
O amor que chegou para dar o que ninguém deu prá você
É, você que é feito de azul
Me deixa morar neste azul
Me deixa encontrar minha paz, você que é bonito de mais
Se ao menos pudesse saber
Que eu sempre fui só de você, você sempre foi só de mim
Que eu sempre fui só de você, você sempre foi só de mim
.
.
.
FCJT 17:40 L.ou

Um comentário:

Martha Barbosa disse...

...Me deixa morar neste azul, todos queremos o azul.Adoro vir aqui. Seu blog é muito bom mesmo.Fiz uma postagem nova se tiver tempo apareça por lá.Seu comentário é importante para mim.Um beijo.
marthacorreaonline.blogspot.com